Pular para o conteúdo principal

Como se prevenir e minimizar o impacto da perda de um celular

Quero começar este post fazendo uma pergunta: se você perdesse ou tivesse o seu celular roubado/furtado hoje, que dados estariam automaticamente comprometidos ou irrecuperáveis?

Mais que apenas foco dos assaltantes, os dispositivos móveis são elementos que, justamente por serem móveis, podem cair, quebrar ou simplesmente parar de funcionar. Já vi várias pessoas falando: “Carrego minha 'vida' no celular. Se acontecer alguma coisa com ele, estarei completamente perdido!” Precisamos mudar essa situação enquanto é tempo, afinal, não adianta chorar sobre o leite derramado e nem sobre o celular roubado ou quebrado.

Este texto vai dar algumas dicas de como se preparar para lidar com a perda repentina de um dispositivo móvel, seja contra a sua vontade ou seja porque você decidiu trocar de aparelho. Este texto pode ser útil também se você pretende manter dois dispositivos sincronizados.

Ative os serviços de localização remota do Google

A partir de um computador, acesse o endereço www.google.com/android/find e verifique se ele consegue contactar o seu celular. Por meio deste site é possível rastrear seu celular e enviar comandos para tocar um alarme, bloquear o dispositivo ou apagar todos os dados contidos nele. Se você tiver seu celular roubado, furtado ou simplesmente o perdeu e não gostaria que outras pessoas tivessem acesso aos seus dados, esse serviço pode ser útil.

Fotos

Que tal ter as fotos da sua vida inteira sempre no celular, sem ocupar o seu espaço de armazenamento? Serviços como o excelente Google Photos permitem isso. O serviço armazena fotos gratuitamente na nuvem com alta qualidade e as permite acessar de qualquer dispositivo conectado à Internet.


Para garantir que você nunca perca suas fotos, ative o upload automático do Google Photos no seu celular. Abra o aplicativo do Google Photos, vá em Configurações e ative o upload automático. Já no seu computador, você pode instalar o Backup and Sync from Google e permitir que ele envie todas as fotos da sua vida para o Google Photos. Assim, sempre que quiser acessar uma foto ou quando quiser criar álbuns compartilhados com amigos e família, basta abrir o Google Photos no celular ou no computador. Além disso, o serviço ainda fornece uma série de recursos de busca por rosto e até por animais de estimação.

Contatos

Certifique-se de que o seu Android está salvando os contatos da sua agenda telefônica no Google Contatos, não no chip ou no próprio celular. Desse modo, quando você trocar de aparelho ou estiver usando um segundo dispositivo, terá seus contatos sempre à mão. E mais: salvando na agenda do Google Contatos, você pode acessar até mesmo no computador. Uma mudança pequena que faz toda a diferença.

Chats

O WhatsApp fornece uma integração de backup dos chats e arquivos de imagem e vídeo baseado no Google Drive. Vale a pena ativá-lo indo nas Configurações de chats do seu Whatsapp. Desse modo, ele faz o backup sozinho e evita que você perca as conversas com o crush.

Música

Já era o tempo dos discos e CDs (felizmente) e pega mal fazer download ilegal de músicas, não é verdade? Para o nosso bem (e de nossos ouvidos), serviços de streaming de música como Spotify, Deezer, Google Play Music e outros estão aí. Eles permitem que você disponibilize músicas e podcasts off-line para ouvir quando quiser, mesmo quando não tiver acesso à Internet. Além disso, com estes serviços você pode ter acesso a playlists pessoais e de outros usuários em qualquer outro dispositivo, o que também é uma excelente comodidade.

Filmes e Séries

Não tem como fazer um post desses e não falar da Netflix. Similar ao Spotify, a Netflix permite disponibilizar vídeos off-line para assistir posteriormente. Nada como o uso da nuvem a seu favor.

Além da Netflix, outras empresas como HBO Go, WOW Presents Plus, Globo Play, GloboSAT Play, NET/Claro Now também disponibilizam serviços similares de streaming de vídeos sob demanda.

Saiba o código IMEI do seu aparelho

Uma forma bem legal de você bloquear um aparelho de telefone é ligando para a sua operadora e informando um número único que identifica o seu celular. Para isso é necessário que você anote este número ainda de posse do seu aparelho. Sendo assim, digite *#06# no local aonde você normalmente digitaria o telefone de alguém. Mais informações sobre como obter o IMEI de um telefone, você encontra neste artigo da WikiHow.

Tendo o IMEI do seu celular, ligue para a sua operadora e solicite o bloqueio. Isso impedirá qualquer pessoa de usar o seu celular roubado ou perdido.

Cancele seu cartão SIM (chip) e troque as senhas

Uma das primeiras coisas a se fazer caso o seu celular tenha sido roubado ou perdido é cancelar seu chip para que ninguém possa usá-lo e também trocar as senhas de redes sociais, e-mail, contas bancárias etc.

Pense em tudo o que importa para você e que uma pessoa com seu celular poderia ter acesso, e então troque as senhas. Assim você garante que ninguém terá acesso às suas informações.

Plus: sincronização de arquivos com o computador de modo simples, sem cabos

Use serviços como Dropbox, Google Drive, One Drive, etc. para sincronizar seus arquivos pessoais. Geralmente estes serviços são úteis para backup de dados em computadores e podem ser usados no smartphone também.

Uma dica legal para Android é o DropSync, um serviço que faz a sincronização de pastas do seu Dropbox com o celular, e vice-versa. Você pode sincronizar, por exemplo, uma pastinha de memes para usar nas redes sociais e no WhatsApp. :)


Tem mais alguma sugestão. Comente abaixo e eu posso adicionar ao post.

Comentários



Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Vincent van Gogh é comemorado em 30 de março #VanGoghDay

Por Vincent van Gogh (Google Cultural Institute, domínio público ) No dia 30 de março é comemorado o Van Gogh Day. Eu não tenho propriedade nenhuma para falar sobre artistas dessa magnitude, mas uma coisa eu posso afirmar: as obras dele me agradam e inspiram. Para entender melhor quem foi Van Gogh, vou apelar para a especialista mais acessível da Internet: " Vincent Willem van Gogh (Zundert, 30 de março de 1853 – Auvers-sur-Oise, 29 de julho de 1890) foi um pintor holandês considerado uma das figuras mais famosas e influentes da história da arte ocidental. Ele criou mais de dois mil trabalhos em pouco mais de uma década, incluindo por volta de 860 pinturas a óleo, a maioria dos quais durante seus dois últimos anos de vida. Suas obras abrangem paisagens, naturezas-mortas, retratos e autorretratos caracterizados por cores dramáticas e vibrantes, além de pinceladas impulsivas e expressivas que contribuíram para as fundações da arte moderna." (Fonte: Wikipédia ) In

Você sabe o que é Computação em Névoa?

Provavelmente você já ouviu falar sobre a "nuvem". Segundo a Wikipédia, a computação em nuvem  é "a disponibilidade, sob demanda, de recursos computacionais, especialmente armazenamento e processamento de dados, sem o gerenciamento ativo direto do utilizador." Este é um termo bastante conhecido e que já faz parte do nosso dia a dia, provendo serviços e aplicações de vasto uso, como, por exemplo, o Google Drive, o Trello ou dando suporte a aplicativos de celular como Uber e iFood. Agora, pergunto: você já ouviu falar em computação em névoa ? É isso mesmo que você leu: névoa (ou neblina) . Trata-se de um novo paradigma na área de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos, inventado em 2012, que tem ganhado espaço para o suporte a aplicações muito importantes, como a Internet das Coisas. Venha saber um pouco mais sobre a tal Computação em Névoa assistindo ao Estudo de Caso que liberei como material integrante do Curso Aberto de Redes: Ei! Você, educador ou educado

Tutorial: como gerenciar seus perfis e currículos de pesquisador

Gerenciar perfis de pesquisador ainda pode ser uma tarefa um pouco confusa. Temos visto várias novas plataformas voltadas a professores e pesquisadores surgindo no mercado, cada uma com objetivos diferentes, permitindo que as diversas áreas de conhecimento supram suas necessidades. Neste tutorial, vou apresentar alguns passos para atualizar vários perfis online de pesquisador com o mínimo de esforço possível. Este post foi criado com a ajuda do João Fontes. Passo 1: Reunir informações sobre suas publicações Existem algumas formas de se organizar as próprias publicações. A minha ferramenta favorita para isso é o  Mendeley , um software gratuito para gerenciar, compartilhar, ler e anotar em artigos científicos. O Mendeley identifica automaticamente os seus artigos e os coloca em uma pasta chamada "My Publications". Importante : é necessário usar o software instalado no seu computador. Não será possível fazer estes procedimentos na versão Web. A primeira e