Pular para o conteúdo principal

Nunca estaremos preparados

Talvez tenhamos o costume de neglicenciar a morte. Acreditamos estar preparados para lidar com ela, mas ela se apresenta de tantas maneiras diferentes, que acho que nunca estaremos realmente preparados para tudo o que pode acontecer. Obviamente eu não estava pronto nesta última sexta-feira.

Durante a minha aula para os formandos do curso de Tecnologia em Sistemas de Telecomunicações um dos alunos desmaiou, teve convulsões e parou de respirar. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance naquele momento e, após uma hora de muita angústia, infelizmente, o aluno faleceu.

Ainda não consigo descrever o que estou sentindo e nem sei se processei completamente tudo o que aconteceu, mas sei que, mesmo conhecendo esse aluno há poucas semanas, aprendi uma lição bem importante vendo a história dele. Ele fazia esse curso superior por pura realização pessoal, já que a sua vida profissional era muito bem sucedida.

A relação que desenvolvemos com os alunos sempre envolve algum tipo de troca, mesmo não evoluindo para uma amizade extraclasse. Eles aprendem com a gente e a gente aprende com eles. Desta vez, quem aprendeu fui eu. Fui relembrado do quão vulneráveis somos e de que precisamos fazer o que gostamos e o que nos realiza pessoal e profissionalmente enquanto temos tempo. Além de tudo isso, aprendi também que precisamos nos preparar melhor para essas situações, individual e coletivamente, por mais que nunca estejamos completamente preparados para tudo.

Sinto muito pelo ocorrido e desejo força aos familiares e aos amigos.


Comentários



Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que é Computação em Névoa?

Provavelmente você já ouviu falar sobre a "nuvem". Segundo a Wikipédia, a computação em nuvem  é "a disponibilidade, sob demanda, de recursos computacionais, especialmente armazenamento e processamento de dados, sem o gerenciamento ativo direto do utilizador." Este é um termo bastante conhecido e que já faz parte do nosso dia a dia, provendo serviços e aplicações de vasto uso, como, por exemplo, o Google Drive, o Trello ou dando suporte a aplicativos de celular como Uber e iFood. Agora, pergunto: você já ouviu falar em computação em névoa ? É isso mesmo que você leu: névoa (ou neblina) . Trata-se de um novo paradigma na área de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos, inventado em 2012, que tem ganhado espaço para o suporte a aplicações muito importantes, como a Internet das Coisas. Venha saber um pouco mais sobre a tal Computação em Névoa assistindo ao Estudo de Caso que liberei como material integrante do Curso Aberto de Redes: Ei! Você, educador ou educado

Como acessar artigos científicos gratuitamente sem estar na rede da sua instituição de ensino?

" Artigo científico é o trabalho acadêmico ou científico que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados sucintos de uma pesquisa realizada de acordo com o método científico ou inferência conforme a hermenêutica das humanidades, cujo conhecimento produzido é aceito por uma comunidade de pesquisadores. Por esse motivo, considera-se científico o artigo que foi submetido a exame por outros cientistas, que verificam as informações, os métodos e a precisão lógico-metodológica das conclusões ou resultados obtidos." (Fonte: Wikipédia ) O acesso a artigos científicos publicados por importantes revistas e editoras tem, quase sempre, algum custo associado. Recentemente, tem se tornado comum a publicação de artigos no modo Open Access (acesso aberto), o qual não requer que seus leitores façam qualquer tipo de pagamento ou cadastro, mas que só é publicado mediante o pagamento de altas taxas , recurso que nem todo pesquisador tem ao seu alcance. Alunos co

Tutorial: como gerenciar seus perfis e currículos de pesquisador

Gerenciar perfis de pesquisador ainda pode ser uma tarefa um pouco confusa. Temos visto várias novas plataformas voltadas a professores e pesquisadores surgindo no mercado, cada uma com objetivos diferentes, permitindo que as diversas áreas de conhecimento supram suas necessidades. Neste tutorial, vou apresentar alguns passos para atualizar vários perfis online de pesquisador com o mínimo de esforço possível. Este post foi criado com a ajuda do João Fontes. Passo 1: Reunir informações sobre suas publicações Existem algumas formas de se organizar as próprias publicações. A minha ferramenta favorita para isso é o  Mendeley , um software gratuito para gerenciar, compartilhar, ler e anotar em artigos científicos. O Mendeley identifica automaticamente os seus artigos e os coloca em uma pasta chamada "My Publications". Importante : é necessário usar o software instalado no seu computador. Não será possível fazer estes procedimentos na versão Web. A primeira e